Notícias
14/06/2024

A força do setor moveleiro em evidência

Nesta quinta-feira, começou mais uma edição da Feistock, a maior feira de móveis e decorações do Brasil com venda direta ao consumidor. O evento ocorre no pavilhão da Promosul, em São Bento do Sul/SC, conhecida como a Capital Nacional dos Móveis. Os discursos na solenidade de abertura destacaram a importância do setor moveleiro para a economia do polo de São Bento do Sul, de Santa Catarina e do Brasil. 

O diretor da Feistock, Jonathan Roger Linzmeyer, iniciou o discurso agradecendo ao sócio e também diretor da feira, Julio Cesar do Amaral, pela parceria de vários anos na realização do evento. Ele aproveitou a presença de três secretários de Estado de Santa Catarina para ressaltar a importância do evento para a economia como um todo, seja no turismo, atraindo visitantes para São Bento do Sul, na geração de impostos por meio das vendas, e destacou que muitos dos móveis produzidos na região são exportados, sendo itens de alta qualidade para diversos países. 

Linzmeyer ainda fez um balanço sobre a geração de impostos e empregos. Por edição, a Feistock gera entre R$ 18 milhões a R$ 20 milhões em vendas, e 17% deste montante se transforma em ICMS, que retorna aos cofres do governo estadual, e parte deste total também retorna às cidades. "Somos uma das únicas feiras de venda ao consumidor com alvará da Receita Federal", destacou, lembrando que todos os produtos que entram e saem do pavilhão possuem notas fiscais. 

Outro dado relacionado à Feistock está nas oportunidades de emprego e renda. Do pré ao pós-feira, cerca de 1,1 mil pessoas trabalham na feira, seja na montagem, venda ou decoração dos estandes. Além disso, existem os profissionais de diferentes áreas envolvidos com a organização do evento. Sem contar a produção nas fábricas, movimentada pelos pedidos fechados durante ou até mesmo após a Feistock. "E não são as grandes empresas que se beneficiam da feira, aqui estão muitas que são pequenas e micro", citou. 

Convidado para falar em nome dos expositores, o empresário Paulo Viltali, da Qualittá, destacou a importância da feira para a geração de emprego e renda na empresa. Participando da feira em 38 das 39 edições, ele lembra que somente ficou de fora durante a pandemia. "A Feistock garante a sustentação do negócio, com meses de produção", destacou. 

O presidente da Associação Empresarial de São Bento do Sul (Acisbs), Gabriel Weihermann, lembrou que a caminhada para chegar aos 20 anos da Feistock não foi fácil, pois diversos desafios surgiram. Um dos maiores desafios, lembrou, foi durante a pandemia. A Feistock foi o primeiro evento de grande porte realizado ainda na época de pandemia, servindo como evento-teste para o governo de Santa Catarina. 

A presidente da Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina, Rosi Dedekind, também marcou presença no evento e destacou que a feira promove uma "propulsão econômica e de turismo". Pois, além de reunir diversas empresas de renome, a Feistock atrai visitantes de diversas regiões de Santa Catarina e de outros estados, para apresentar o que há de melhor na produção da região. 

O prefeito são-bentense, Antonio Tomazini, lembrou a importância da feira para a economia da região e falou sobre o processo de incorporação do patrimônio da Promosul pela Prefeitura. Tomazini lembrou que resta somente o aval final do Ministério Público para que a gestão possa ser repassada ao município. Seu objetivo é, tão logo o processo esteja finalizado, iniciar uma licitação para contratar a empresa que será responsável por gerenciar todo o parque. 


Internacionalização 

O secretário da Articulação Internacional do governo do Estado, Juliano Froehner, falou sobre a necessidade de as empresas da região começarem a buscar outros mercados, assim como a união com outros setores. Ele citou o exemplo de móveis que hoje são feitos utilizando aparatos tecnológicos, indo além do design e garantindo uma experiência diferenciada aos consumidores. "É preciso entrar no jogo internacional", disse. 

Ele ainda falou sobre os programas oferecidos pelo governo de Santa Catarina para que empresas possam buscar espaços em outros países. "Considerem a expansão para reforçar o escopo exportador da região. O mundo busca um diferencial inovador", destacou.


Turismo 

Quem também marcou presença na abertura da feira foi o secretário de Estado do Turismo, Evandro Neiva. Ele destacou em seu discurso a importância da região no cenário moveleiro, enfatizando o ciclo completo realizado pelas empresas locais, produzindo, expondo, anunciando e vendendo seus móveis. E, neste contexto, a Feistock é essencial. 

Além disso, devido à movimentação de pessoas, Evandro destacou que no fim de todo o ciclo tudo vira turismo, e por isso, incentivar feiras e eventos como a Feistock é algo que faz parte dos projetos de sua secretaria e do governo estadual. "O governo é parceiro de quem produz. Estamos no melhor Estado para fazer negócios, o mais seguro e com um turismo bastante procurado", disse. 


Economia 

O secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, Silvio Dreveck, também participou e destacou o crescimento econômico de Santa Catarina de 3,7% no balanço, acima do PIB nacional. Ele disse que muito disso se deve aos incentivos que o governo estadual oferece aos empreendedores. "O Estado não pode atrapalhar, e deve ajudar", enfatizou. 

Por conta deste pensamento, explicou, Santa Catarina é um estado bastante procurado por empresas de fora que buscam um lugar para instalar suas unidades. E isso também se reflete na geração de empregos, com mais de 80 mil novos postos em quatro meses deste ano. 


Saiba mais sobre a Feistock

Na Feistock, o visitante encontra itens como camas, colchões, sofás, salas de jantar, mesas, cadeiras, peças de decoração para a churrasqueira e área externa, seja para praia, piscina ou campo, tapetes e tantos outros. Muitos dos produtos em exposição e à disposição dos consumidores são criados especialmente para serem lançados durante a feira. São peças de qualidade e requinte diferenciados. 

Muitos visitantes se surpreendem não apenas com a qualidade e variedade dos produtos oferecidos, mas também com os preços. Em muitos casos, é possível economizar até 70% em comparação aos valores praticados pelas lojas, especialmente as localizadas em grandes centros. Isso porque o contato é direto com os fabricantes.


A feira 

Além de produtos de qualidade e preços atrativos, a Feistock se caracteriza por ser um evento familiar. Para a criançada, existe uma área kids, onde os pais podem deixar os filhos brincando, acompanhados por recreadores, enquanto visitam os estandes. Quem quiser também pode levar seu companheiro de quatro patas, pois a feira é pet friendly. 

Na área externa do pavilhão, fica o Food Park, um espaço com food trucks oferecendo lanches e bebidas para quem quiser dar aquela relaxada depois de caminhar entre os mais de 100 estandes da feira. 


Patrocínio 

A Feistock tem como patrocinadores a Ecoflex Colchões, Qualittá Interiores, Morada Móveis, Unimed Planalto Norte e Think Decor Móveis.


Agende-se 

De 13 a 16 de junho de 2024

Das 10 às 20 horas 

Local: Promosul – São Bento do Sul/SC 

Entrada gratuita ao pavilhão 

Informações: www.feistock.com.br

Procure por @feistock nas redes sociais

ANTERIOR

PRÓXIMA

DESEJO RECEBER NOVIDADES DA FEISTOCK POR E-MAIL

Cidade*

MÍDIAS SOCIAIS

Location icon

FEISTOCK

Travessa Francisco Soehtje, nº 320
CEP 89.282-620
Bairro Brasília – São Bento do Sul – SC
Location icon

TBS FEIRAS & EVENTOS

Rua Antonio Kaesemodel, nº 360
Sala 104, Bairro Boehmerwald
São Bento do Sul - Santa Catarina
Patrocinadores:
Think Decor Móveis
EcoFlex Logo
Qualitta Logo
Morada Logo
Unimed Planalto Norte Logo
Realização:
Tbs Logo
Apoio institucional:
Joinville Logo
Acisbs Logo
Cdl Logo
Feistock © 2023 TBS Feiras. Todos os direitos reservados.

Nós utilizamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao acessar, você concorda com nossa Política de Privacidade!