Feistock de novembro marca a edição de 15 anos

Foi com o objetivo de criar uma feira que ajudasse os fabricantes de móveis de São Bento do Sul e região a venderem seus estoques após uma crise cambial, é que nasceu a Feistock, feira multissetorial, no ano de 2004. A 31ª edição, que marca os 15 anos de atividades, acontece de 07 a 10 de novembro, no Pavilhão de eventos da Promosul, em São Bento do Sul (SC).

“A empresa TBS Feiras & Eventos adquiriu a feira dois anos depois, quando alterou a marca para Feistock – Feira de Móveis e Decoração. A partir deste ano, o evento cresceu continuamente até os dias de hoje. Atuamos exclusivamente na organização e realização da Feistock, com o intuito de auxiliar os fabricantes de móveis com a realização de uma feira com venda direta ao consumidor. A Feistock é um dos maiores eventos em geração de renda, receita e em movimentação do setor hoteleiro da região” destaca Jonathan Roger Linzmeyer, sócio da empresa.

A feira caracteriza-se por ser um evento diferenciado, que alia móveis com design e alta qualidade de fabricação. Direcionada ao consumidor final, tem colecionado resultados importantes aos expositores, garantindo um elevado índice de satisfação.

Para a diretora de Turismo de São Bento do Sul, Luiza da Silva, “a Feistock além de ser uma excelente opção para quem procura bons preços em móveis e decoração, é um evento que atrai turistas de todo o país, que aproveitam sua estadia para conhecer os atrativos turísticos que São Bento do Sul e a região possuem, favorecendo a economia local”, conta.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da cidade, Rafael Celeski, empresário do setor hoteleiro, conta que iniciativas que trazem visitantes e turistas para a cidade e região, tanto para negócios como lazer, devem ter o apoio dos poderes constituídos, entidades representativas de classes e da comunidade em geral. “Em sua 31ª edição, a Feistock está consolidada, além da geração de negócios e empregos, a movimentação de pessoas que vêm em busca dos produtos da feira, geram consumo em restaurantes e no comércio em geral. Outra questão é a ocupação hoteleira, que acaba tendo um crescimento em épocas de baixa temporada”. Celeski cita que seu hotel recebe clientes nas mais diversas etapas da feira, da montagem a finalização.

A Feistock é hoje a maior feira de móveis e decoração do país voltada ao consumidor final, tendo como base o cálculo de vendas, que passa de R$ 15 milhões de reais em quatro dias de evento. O volume de vendas pós-feira não está contabilizado, mas pode chegar a R$ 4 milhões, segundo a organização. Além de vender produtos de linha, os fabricantes têm a oportunidade de lançar tendências. A cada edição cresce o número de arquitetos e designers de interiores participando do evento.

Localização – a Feistocké realizada em São Bento do Sul no Planalto Norte Catarinense, cidade reconhecida como a Capital Nacional dos Móveis e fica a menos de 100 km de Joinville e 100 km de Curitiba – capital Paranaense. São dois aeroportos a menos de 120 km e rodovias de acesso que passam ou estão próximas do município. “A Feistock tem atraído turistas de diversos lugares. Um pacote de turismo para os visitantes que queiram conhecer a região, que passa a receber a marca Destinos do Quiriri, será lançado em breve.  Além da natureza exuberante, os municípios de Campo Alegre, São Bento do Sul, Rio Negrinho e Corupá, que formam o Quiriri, oferecem passeios, opções de compras e experiências inesquecíveis.

Infraestrutura – a área de exposição de 15 mil m² vai receber 110 expositores, e conta ainda, com amplo estacionamento, área verde, praça de alimentação e espaço de diversão para as crianças.

Resultados da última edição:

Público: 28.000 pessoas
Expositores: 110
Volume de negócios: R$ 16.500.000,00

Expectativa para a 31ª edição:

Público estimado: 30.000 pessoas
Expositores: 110
Volume de negócios: de R$ 13.500.000,00 a R$ 18.500.000,00

Fabiane Pickusch Costa

Jornalista MTB 02447 JP 9 \lsdl


COMPARTILHE: